UOL Notícias Notícias
 

18/12/2009 - 13h49

Os refugiados do clima são cada vez mais numerosos (OIM)

GENEBRA, 18 dez 2009 (AFP) - A Organização Internacional para as Migrações pediu nesta sexta-feira à comunidade internacional que tome medidas para ajudar as pessoas cada vez mais numerosas e obrigadas a emigrar para fugir dos efeitos das mudanças climáticas.

"A mudança climática e a degradação do meio ambiente já provocaram migrações e deslocamentos em todo o planeta", afirma a OIM em um comunicado, onde admite que ainda não há muitas informações sobre o fenômeno migratório relaciondo com o clima.

"Ignoramos em grande medida quantas pessoas já começaram a migrar, seja de forma voluntária ou forçada, por estes motivos", declarou o diretor-geral William Lacy Swing.

"O que sabemos hoje é que esses movimentos migratórios são essencialmente internos ou transfronteiriços, e que esta tendência crescer", assinalou por ocasião do Dia Internacional dos Migrantes, celebrado neste 18 de dezembro.

"Os países mais pobres são os mais afetados", afirma o documento, citando "futuras zonas sensíveis em vários países da Ásia, África, América Central e América do Sul.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host