UOL Notícias Notícias
 

19/12/2009 - 18h46

Assad e Hariri querem relações "estratégicas" entre Síria e Líbano

DAMASCO, 19 dez 2009 (AFP) - O presidente sírio, Bashar al-Assad, e o primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, expressaram neste sábado o desejo de estabelecer relações "privilegiadas" e "estratégicas" entre seus países respectivos, informou a agência oficial síria Sana.

Os dois dirigentes, que conversaram durante três horas em Damasco, "fizeram um histórico das relações sírio-libanesas, e estudaram a melhor maneira de superar os elementos negativos que abalaram estas relações", destacou a agência.

Eles concordaram em "abrir novas perspectivas para reforçar a cooperação em todos os setores" entre os dois países.

Durante a conversa, Hariri insistiu na vontade de seu governo de "estabelecer relações verdadeiras e estratégicas com a Síria, em benefício dos interesses dos dois povos irmãos", frisou a Sana.

"As relações privilegiadas entre a Síria e o Líbano fortalecem a posição dos dois países e contribuem para preservar o Líbano e os árabes da política israelense que continua violando os direitos árabes", afirmou Hariri, citado pela agência.

O presidente Assad ressaltou por sua vez que o desejo da Síria é manter "as melhores relações com o Líbano". Segundo ele, "relações privilegiadas e estratégicas entre os dois países preservarão os interesses comuns dos dois povos irmãos e de todos os árabes".

Saad Hariri chegou neste sábado a Damasco para uma primeira visita oficial destinada a melhorar as relações entre Damasco e Beirute, tensas desde o assassinato de seu pai, Rafic Hariri, em 2005.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host