UOL Notícias Notícias
 
22/12/2009 - 06h57

Lei impede Colômbia de desmilitarizar zonas para negociar com ilegais

BOGOTÁ, 22 dez 2010 (AFP) -O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, assinou na terça-feira uma lei aprovada pelo Congresso que impede o governo de desmilitarizar zonas do país para negociar com grupos armados irregulares, anunciou o ministro do Interior e Justiça, Germán Vargas.

"Com a sanção da lei 1421, que prorroga a lei de ordem público, ficam proibidas e descartadas as zonas de desocupação ou zonas de distensão em qualquer lugar do território nacional", disse Vargas.

Mas o ministro explicou que a lei não fecha as portas para que o governo possa iniciar a qualquer momento um diálogo de paz com grupos à margem da lei de caráter político.

O ex-presidente Andrés Pastrana ordenou a demilitarização de uma vasta área do departamento de Caquetá (sul) para iniciar um processo de paz com a guerrilha das Farc, que não teve resultado concreto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host