UOL Notícias Notícias
 
01/01/2010 - 16h54

Atentado contra Igreja no Egito deixa 21 mortos e 79 feridos

ALEXANDRIA, Egito, 1 Jan 2011 (AFP) -O presidente egípcio, Hosni Mubarak, acusou neste sábado "mãos estrangeiras" pelo atentado que deixou 21 mortos e 79 feridos diante da igreja copta de Alexandria, dois meses após ameaças da rede terrorista Al-Qaeda contra a comunidade cristã egípcia.

Em pronunciamento transmitido pela televisão, Mubarak disse que "todo o Egito é alvo do terrorismo cego que não faz diferença entre coptas e muçulmanos".

"Equivocam-se os que acreditam que estão resguardados do castigo", disse Mubarak, acrescentando que "vamos cortar a cabeça da víbora, enfrentar o terrorismo e vencê-lo".

Mubarak fez um apelo "aos filhos do Egito - coptas e muçulmanos - a se unirem contra as forças do terrorismo e contra os que ameaçam a segurança da pátria, sua estabilidade e unidade de seus filhos".

A tensão era clara hoje em torno da igreja atacada, cuja fachada permanecia manchada de sangue.

Ignorando os apelos à calma, jovens manifestantes cristãos lançaram pedras e garrafas contra a tropa de choque da polícia, que respondeu com bombas de gás lacrimogêneo.

O patriarca da Igreja Copta, Chenuda III, exigiu que os autores do ataque sejam rapidamente presos e julgados, qualificando o atentado de ato "terrorista" e "covarde" que busca "desestabilizar" o Egito.

Em visita ao Havaí, o presidente americano, Barack Obama, condenou veementemente o ultrajante ataque e afirmou que os terroristas "não têm respeito à vida e à dignidade humanas". "Precisam ser levados à Justiça para responder por este ato bárbaro e abominável", acrescentou.

"Os Estados Unidos estendem suas mais profundas condolências às famílias dos mortos e aos feridos (...) e nos colocamos ao lado" do povo egípcio "neste momento difícil", ressaltou Obama.

O Papa Bento XVI pediu aos dirigentes de todo o mundo que defendam os cristãos contra os abusos e as intolerâncias religiosas.

Ante as "tensões ameaçadoras do momento, ante (...) os abusos e a intolerância religiosa, que golpeiam hoje os cristãos em particular, uma vez mais convido a não ceder ao desalento e à resignação", disse o Papa durante a missa celebrada na Basílica de São Pedro.

É necessário "um compromisso concreto e constante dos chefes das nações", acrescentou Bento XVI durante a celebração.

O ataque ocorreu em frente à igreja dos Santos (al Qidisin), em Alexandria, a grande cidade do norte de Egito, por volta da meia-noite e meia, quando os fiéis deixavam o templo.

Segundo o ministério do Interior egípcio, o atentado teria sido cometido por um terrorista suicida.

Uma testamunha disse ao canal privado On-TV ter visto um automóvel verde da marca Skoda estacionar em frente à igreja à 00H20. Alguns homens saíram do veículo, que pouco depois explodiu.

O atentado, não assumido até agora, acontece dois meses depois que um grupo próximo ao braço iraquiano da rede terrorista Al-Qaeda, chamado Estado Islâmico do Iraque, fez ameaças à Igreja Copta do Egito.

Este grupo se responsabilizou pelo ataque do dia 31 de outubro à catedral siríaca católica de Bagdá, no qual morreram 46 civis, entre eles dois sacerdotes, além de sete membros da força pública e cinco atacantes.

Também ameaçou atacar a Igreja Copta do Egipto se esta não libertasse duas cristãs que, segundo o grupo, estão "encarceradas em mosteiros" por terem se convertido ao Islã.

As duas mulheres mencionadas são Camilia Chehata e Wafa Constantine, esposas de dois sacerdotes coptas, cuja suposta conversão ao Islã teria causado muita polêmica no Egipto.

Refaa al Tahtaui, porta-voz de al Azhar, a grande instituição de difusão do Islã sunita com sede no Cairo, interveio na televisão pública para denunciar um atentado que, segundo ele, ataca "a unidade nacional egípcia", e fez um apelo à calma a cristãos e muçulmanos.

Segundo estimativas, os fiéis da Igreja copta, a maior comunidade cristã do Oriente Médio, representam entre 6% e 10% da população do Egito, de um total de 80 milhões de habitantes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host