UOL Notícias Notícias
 
03/01/2010 - 15h28

Mediador da União Africana chega à Costa do Marfim

ABIDJAN, 3 Jan 2011 (AFP) -O primeiro-ministro queniano Raila Odinga, o mediador da União Africana na crise da Costa do Marfim, chegou nesta segunda-feira a Abidjan, onde, junto a três outros emissários da África ocidental, tentará obter a saída de Laurent Gbagbo da presidência marfinense.

Na tarde esta segunda está presvista a chegada de dos presidentes Boni Yayi (Benin), Ernest Koroma (Serra Leoa) e Pedro Pires (Cabo Verde), em representaçào da Comunidade Econômica dos Estados da Africa Ocidental (CEDEAO).

Trata-se da sgundamissão da CEDEAO, quase uma semana depois do fracasso da primeira.

Na sexta-feira passada, Alassane Ouattara, reconhecido pela comunidade internacional como presidente eleito da Costa do Marfim, deu um prazo a Gbagbo até a meia-noite daquele dia para que deixasse o poder, segundo seu primeiro-ministro, Guillaume Soro.

Gbagbo reagiu ao ultimato garantindo que não cederia à pressão, em um discurso na TV estatal RTI.

"Não vamos ceder", disse Gbagbo, denunciando a "tentativa de golpe de Estado sob a bandeira da comunidade internacional".

A ONU e numerosos países, incluindo os africanos, exigem que Gbagbo abandone o poder e reconheça a vitória de Ouattara nas eleições presidenciais de 28 de novembro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h19

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h26

    -0,49
    63.773,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host