UOL Notícias Notícias
 
06/01/2010 - 19h36

Pentágono anuncia cortes significativos nos gastos militares dos EUA

WASHINGTON, 6 Jan 2011 (AFP) -O Pentágono realizará cortes em seus programas e gastos nos próximos cinco anos, como forma de reduzir despesas, anunciou nesta quinta-feira o secretário americano da Defesa, Robert Gates.

Poupará 150 bilhões de dólares entre 2012 e 2016, através de reestruturações, de restrições a programas de armamento ou de gastos operacionais, precisou.

"O Pentágono não pode pretender ficar à margem da pressão sofrida pelo restante do governo", disse Gates em entrevista à imprensa.

Trata-se de passar da "cultura do financiamento sem fim" ao "da poupança e da moderação", estimou.

Consciente da crescente pressão para reducir o déficit fiscal, Robert Gates, membro republicano da equipe do presidente Barack Obama, havia advertido, antes, sobre a pretensão de poupar em alguns setores, para financiar outros mais relevantes.

O objetivo é manter um crescimento real do orçamento da defesa em torno de 3% ao ano, um percentual considerado necessário para modernizar as Forças Armadas.

O orçamento 2011 do Pentágono, levamente em alta, foi votado pelo Congresso em dezembro e ascende a 548,2 bilhões de dólares, sem contar os 158,7 bilhões para financiar as operações no Iraque e no Afeganistão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host