UOL Notícias Notícias
 

07/01/2010 - 13h38

Brown qualifica tentativa de destituição de "tempestade em copo d'água"

LONDRES, 7 Jan 2010 (AFP) - O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, qualificou nesta quinta-feira de "tempestade em copo d'água" a tentativa de dois ex-pesos pesados de seu próprio partido de arrebatar-lhe a liderança, a menos de cinco meses das eleições gerais.

"Diria que é um pouco como uma tempestade em copo d'água. Estamos lidando com verdadeiras tormentas neste momento", declarou Brown à rádio BBC em sua primeira reação ao caso, comparando a frustrada rebelião de dois ex-ministros do governo de Tony Blair com a onda de frio que castiga o Reino Unido.

O ex-ministro da Defesa, Geoff Hoon, e a ex-titular da Saúde, Patricia Hewitt, pediram na quarta-feira a organização de uma votação secreta no Partido Trabalhista para determinar se Brown é o melhor candidato para liderar a disputa eleitoral ante os conservadores, favoritos em todas as pesquisas.

Várias figuras importantes do trabalhismo, como os ministros das Relações Exteriores David Miliband e Interior Alan Johnson, apoiaram Brown publicamente e o próprio Hoon admitiu seu fracasso na noite de quarta-feira.

Segundo todas as pesquisas, Brown deverá ser derrotado pelos conservadores de David Cameron nas eleições previstas para antes de 10 de junho. A data mais citada pelos comentaristas é 6 de maio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host