UOL Notícias Notícias
 

11/01/2010 - 11h26

Social democrata Ivo Josipovic é eleito presidente da Croácia

ZAGREB, 11 Jan 2010 (AFP) - O social democrata Ivo Josipovic foi eleito para a presidência da Croácia no domingo, segundo os resultados quase definitivos do segundo turno das eleições, divulgados pela Comissão Eleitoral Central.

Josipovic obteve 60,29% dos votos, segundo os resultados oficiais, contabilizados 99,62% dos centros de votação, indicou a fonte. Seu adversário, o prefeito de Zagreb, Milan Bandic, conseguiu 39,71% dos votos.

Mais de 4,4 milhões de eleitores, dos quais 400.000 vivendo fora da Croácia, participaram do pleito, que teve taxa de participação de 50,28%.

Josipovic será o terceiro presidente da ex-república iugoslava desde sua independência, em 1991.

As primeiras pesquisas de boca de urna, que não levavam em conta os votos dos croatas no exterior, já davam uma ideia dos resultados: 64,6% para Josipovic e 35,4% para Bandic.

O anúncio dos resultados foi recebido com gritos de alegria na sede de campanha do Partido Social Democrata (SDP).

"Vou ser o presidente de todos os cidadãos croatas", declarou Josipovic, falando para seus simpatizantes, reunidos na sede.

"Acredito com absoluta convicção em uma Croácia melhor", exclamou, prometendo trabalhar por uma "Croácia de justiça com segurança social".

Na sede de campanha de Bandic, o ambiente era de derrota.

"Devo admitir que mesmo os mais otimistas entre meus simpatizantes estão surpresos com meus resultados", disse.

Depois de felicitar o vencedor das eleições, Bandic declarou que retomaria suas atividades na prefeitura da capital croata "amanhã mesmo".

"Sabíamos que seria uma batalha entre David e Golias", indicou Jelena Pavicic Vukicevic, sua colaboradora, destacando que Bandic não contava com a estrutura de um partido.

Nestas circunstâncias, "devemos ficar satisfeitos com o resultado", acresentou.

Bandic foi expulso do SDP por ter apresentado sua candidatura nas eleições presidenciais como independente.

Os dois candidatos propunham um programa semelhante, comprometendo-se em particular com a integração da Croácia na União Europeia (UE) antes de 2012 e com o combate à corrupção nos altos escalões do poder e nas empresas estatais.

Embora ambos sejam social democratas, os dois candidatos possuem personalidades completamente diferentes.

Josipovic, um especialista em direito penal internacional de 52 anos, cabelos grisalhos, óculos e aspecto rígido, também é compositor de música clásica. É deputado desde 2003.

Os analistas o apontaram como o candidato com uma "biografia limpa", livre de casos de corrupção, enquanto seus detratores destacam sua "falta de temperamento" e de experiência política.

Dinâmico e bom orador, Bandic, de 54 anos, é prefeito de Zagreb desde 2000. Seus adversários o acusam de manter uma retórica populista sem qualquer conteúdo, e o criticam por não saber nenhum idioma estrangeiros e por evitar debates públicos.

O atual presidente, Stipe Mesic, de 75 anos, que concluiu os dois mandatos de cinco anos autorizados pela Constituição, deu apoio indireto a Josipovic.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host