UOL Notícias Notícias
 

13/01/2010 - 18h28

Aeroporto de Porto Príncipe está aberto, mas não há eletricidade (OEA)

O aeroporto da capital haitiana sofreu danos, mas sua pista pode ser utilizada, confirmaram diversas autoridades nesta quarta-feira, num momento em que o país se prepara para receber ajuda internacional. O primeiro-ministro haitiano, Jean-Max Bellerive, disse ao canal de televisão CNN que os aviões estavam pousando no aeroporto, apesar de alguns problemas. O comandante da região Sul da Força Aérea americana, Douglas Fraser, disse em Washington que a pista do aeroporto se salvou do terremoto, mas que as comunicações haviam caído e o terminal de passageiros estava destruído. O secretário-geral adjunto da OEA, Albert Ramdin, declarou que "a torre do aeroporto de Porto Príncipe entrou em colapso, o que poderia, provavelmente, impedir a entrega de ajuda nas próximas horas ou dias". "A pista (do aeroporto) parece funcionar, mas não há eletricidade, o que significa que a aterrissagem à noite é impossível", acrescentou Ramdin ante o Conselho Permanente da OEA, reunido para analisar a situação no país caribenho. Segundo o embaixador haitiano na OEA, Dulys Brutus, dezenas de edifícios públicos, além de muitas casas desabaram ou ficaram gravemente destruídas pelo sismo, o pior registrado no país desde 1842. Milhares de pessoas nos escombros ainda esperam ajuda, acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h10

    0,12
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h19

    -0,53
    63.745,10
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host