UOL Notícias Notícias
 

13/01/2010 - 17h49

Celso Amorim diz que situação no Haiti é gravíssima

A situação causada pelo terremoto no Haiti é gravíssima e o governo brasileiro está analisando a melhor forma de contribuir com uma ajuda humanitária urgente, afirmou nesta quarta-feira o chanceler Celso Amorim. "Estamos ante uma tragédia de grandes proporções. A situação no Haiti é gravíssima e estamos agora fazendo uma avaliação das necessidades e prioridades para o povo haitiano. É uma tragédia de proporções ainda não totalmente avaliadas", afirmou ainda. Amorim recordou que, além dos 1.266 militares brasileiros que formam a Missão de Estabilização da ONU no Haiti (Minustah), se encontravam em Porto Príncipe inúmeros cidadãos brasileiros, funcionários da ONU e de ONGs. "Estamos muito preocupados com os brasileiros lá, tanto civis como os militares, mas também com a situação geral do povo haitiano", afirmou, acrescentando estar em contato com o subsecretário adjunto dos EUA para a América Latina, Arturo Valenzuela, e que pretende conversar com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host