UOL Notícias Notícias
 

14/01/2010 - 17h49

Ajuda e equipes de resgate chegam em massa ao aeroporto de Porto Príncipe

Chinesas, francesas ou americanas: as equipes de resgate desembarcavam nesta quinta-feira em massa no aeroporto de Porto Príncipe em meio a toneladas de material de ajuda para os desabrigados pelo sismo, saturando o aeroporto.

Os primeiros aviões enviados pela comunidade internacional para aliviar o sofrimento dos cerca de três milhões de afetados pelo terremoto de terça-feira na capital haitiana e seus arredores conseguiram aterrissar.

Já os civis se aglomeravam no aeroporto com a esperança de sair a todo o custo da cidade na qual, segundo o primeiro-ministro haitiano, teriam morrido mais de 100.000 pessoas. A pista do aeroporto funcionava, mas com uma torre de controle fora de serviço.

"Vamos enfrentar um desafio logístico importante", informou em Genebra a porta-voz do escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU, Elisabeth Byrs. Equipes se esforçam para tentar pôr em funcionamento a torre de controle "até o final do dia", afirmou.

"No momento, os aviões aterrissam no olho, é muito cansativo e um grande problema", explicou a porta-voz, pouco antes de ter sido anunciada a saturação do espaço aéreo haitiano.

O desafio para as equipes de resgate consiste em retirar rapidamente do aeroporto o material desembarcado e distribui-lo o mais rápido possível nas zonas devastadas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host