UOL Notícias Notícias
 

14/01/2010 - 23h09

EUA: acordo iminente sobre a reforma da saúde

Os democratas do Congresso americano e a Casa Branca anunciaram nesta quinta-feira que esperam para logo um acordo, com a aprovação de uma versão definitiva do projeto de lei sobre a reforma da saúde do presidente Barack Obama.

O Senado e a Câmara de Representantes aprovaram dois projetos diferentes e devem chegar a uma versão comum e definitiva voltada para fornecer cobertura médica a pelo menos 31 milhões dos 36 milhões de americanos que não a possuem.

O anúncio nesta quinta-feira de um entendimento entre a Casa Branca e os sindicatos sobre o financiamento da reforma - um dos principais pontos de desacordo - abriu a perspectiva de uma conclusão próxima das discussões.

O presidente Obama chegou a falar nesta quinta-feira ao grupo democrata da Câmara de Representantes no Capitólio.

"Estamos prestes" a aprovar uma lei histórica, disse ele.

A reforma da saúde é "qualquer coisa que todos os que apoiam o projeto poderão se orgulhar", disse ele.

"Vocês não têm que se justificar quando se trata da redução dos déficits", prosseguiu, reafirmando que o projeto de lei faria baixar o déficit americano em 100 bilhões de dólares nos 10 próximos anos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host