UOL Notícias Notícias
 

14/01/2010 - 14h27

Vinte e dois funcionários da ONU mortos no terremoto do Haiti

Vinte e dois funcionários da ONU morreram no terremoto do Haiti e outros 150 continuam desaparecidos, indicou nesta quinta-feira o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

De acordo com o balanço oficial anterior, 16 empregadores morreram e 56 ficaram feridos.

Ban informou que, dos 22 mortos, 4 eram policiais e 18 militares. Ele não mencionou civis.

A morte do chefe da Missão de Estabilização da ONU no Haiti (Minustah), Hedi Annabi, anunciada na véspera pelo presidente René Préval, não foi confirmada pela ONU.

"Mais de cem pessoas estão reportadas como desaparecidas", afirmou, por sua vez, a porta-voz da Agência de Coordenaçao dos Casos Humanitários da ONU (OCHA), Elisabeth Byrs.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host