UOL Notícias Notícias
 

15/01/2010 - 17h49

Milhares de feridos no Haiti precisam de cirurgias urgentes (MSF)

Milhares de pessoas feridas no terremoto de terça-feira no Haiti necessitam atenção médica de urgência e de cirurgia, informou nesta sexta-feira o dirigente da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) nesse país caribenho, Stefano Zannini, durante uma teleconferência transmitida de Porto Príncipe.

A maioria dos feridos apresenta fraturas, acrescentou, estimando que "o pior está provavelmente para vir".

Zannini precisou que a MSF havia atendido "mais de 2.000 pessoas" desde o terremoto de magnitude 7 que dizimou Porto Príncipe e seus arredores.

A ONG está instalada desde a noite de quinta-feira no hospital de Chofcal, no bairro de Chabolas de Cité Soleil, no norte da capital.

Uma das primeiras intervenções foi um "parto complicado que exigiu uma cesariana para salvar a mãe e o bebê", que passam bem, disse.

A ONG necessita urgentemente antibióticos e equipamentos técnicos, tendo recebido muita coisa num primeiro voo charter, que será seguido de outros, anunciou Zannini.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host