UOL Notícias Notícias
 

16/01/2010 - 13h52

Iraque prende acusado de atentado que matou Viera de Mello

O Exército iraquiano anunciou neste sábado a detenção de um líder da Al-Qaeda no país, acusado de ser o responsável pelo ataque contra a sede da ONU em Bagdá em agosto 2003, que matou o representante especial do secretário-geral da organização no Iraque, o brasileiro Sérgio Vieira de Mello.

O porta-voz do comando militar de Bagdá, Qassem Atta, anunciou em uma entrevista coletiva a prisão do terrorista Ali Hussein Aluan al-Azawi, conhecido como Abu Imad, o líder dos ministros do grupo Estado Islâmico do Iraque.

"Ele é o responsável pela explosão do quartel-general das Nações Unidas em Bagdá, em 19 de agosto de 2003, que matou 22 funcionários, entre eles o representante especial do secretário-geral da ONU no Iraque, Sérgio Vieira de Mello", declarou o porta-voz.

Segundo ele, Imad foi piloto de avião da companhia aérea iraquiana antes da queda do regime de Saddam Husein.

O atentado de agosto de 2003 marcou o início da violência dos insurgentes da Al-Qaeda, poucos meses depois da invasão do país pelo Exército americano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host