UOL Notícias Notícias
 

17/01/2010 - 10h08

Haiti: MSF afirma nunca ter visto ferimentos tão graves

As equipes da organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) no Haiti afirmaram neste domingo nunca ter visto tantos ferimentos tão graves como os registrados após o violento terremoto no país mais pobre das Américas.

Segundo a organização, desde sua chegada as unidades cirúrgicas da MSF em Porto Príncipe funcionam sem parar com o objetivo de dar conta do grande número de feridos.

"A prioridade vai para os casos mais urgentes. As equipes já praticaram cesáreas e amputações. A equipe médica experiente da MSF afirma nunca ter visto tantos ferimentos tão graves", afirma um comunicado da organização divulgado em Paris.

Segundo um dos coordenadores da MSF em Porto Príncipe, "a reação da população foi imediata quando soube do início das atividades médicas de urgência no bairro de Carrefour".

Os hospitais na região estão lotados de feridos e têm um número limitado de funcionários, material e remédios.

A associação está preocupada com a situação no aeroporto de Porto Príncipe. A MSF tinha 30 voluntários no país no momento do tremor e conseguiu enviaar mais 70 nos dias seguintes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host