UOL Notícias Notícias
 

18/01/2010 - 07h16

Libertado homem que tentou matar João Paulo II

Mehmet Ali Agca, o turco que tentou matar o Papa João Paulo II em 1981, foi libertado nesta segunda-feira, depois de passar quase três décadas preso, anunciou seu advogado.

"O processo de libertação foi completado", declarou Yilmaz Abosoglu do lado de fora da penitenciária de segurança máxima da região de Ancara, a 60 km da capital turca, protegido por vários policiais.

Um batalhão de jornalistas aguardava a saída de Agca.

O turco, ex-militante de extrema direita, tem atualmente 52 anos.

Agca deu a entender que fará revelações sobre os motivos de seu ato, o que despertou o interesse de muitas editoras e produtores de cinema.

O advogado explicou aos jornalistas durante o fim de semana que o posto de alistamento militar da cidade natal de Agca, Malatya (leste do país), exige que ele seja examinado por médicos militares imediatamente após a libertação, já que, para o Exército, está em crime de fuga.

Agca foi preso na Turquia depois de ser extraditado da Itália, em 2000, por vários crimes cometidos em Istambul antes da tentativa de assassinato de João Paulo II em 13 de maio de 1981 na Praça de São Pedro de Roma. O pontífice foi gravemente ferido no abdome.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host