UOL Notícias Notícias
 

21/01/2010 - 08h19

Indonésia autoriza adoção de tigres para salvar a espécie

A Indonésia autorizará a particulares ter como animais de estimação os tigres de Sumatra nascidos em cativeiro, na esperança de poder salvar esta espécie ameaçada.

Para criar em casa um casal de tigres será necessário pagar um bilhão de rúpias (100.000 dólares) e dar aos animais uma espaço mínimo de 60 m2, explicou uma fonte do ministério Florestal indonésio.

"Não vendemos nem alugamos os tigres, que continuarão pertencendo ao Estado. Autorizaremos somente que as pessoas cuidem deles. Elas deverão, para isso, respeitar um certo número de condições",a firmou a fonte.

Segundo o ministério, muitos empresários ricos estão interessados em adotar os tigres.

Esta iniciativa surpreendeu as associações de defesa dos animais, que acham que o Estado deveria cuidar da preservaçao do habitat natural dos quase 200 tigres que ainda vivem em estado selvagem em Sumatra, uma ilha submetida a um importante desmatamento.

"Esta não é uma solução para salvar os tigres. Melhor seria salvar as selvas onde vivem", declarou Bustar Maitar, do Greenpeace da Ásia sul-oriental.

Na Indonésia há cerca de trinta tigres de Sumatra nascidos em cativeiro disponíveis para a adoção.

Os defensores dos animais também temem que os felinos sejam caçados ilegalmente nos próximos meses devido à celebração do Ano do Tigre, que, segundo a astrologia, começa no dia 14 de fevereiro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host