UOL Notícias Notícias
 

24/01/2010 - 18h18

Antissemitismo teve maior alta em 10 anos em 2009

A quantidade de atos antissemitas registrados no mundo em 2009 foi a maior dos últimos 10 anos, segundo um relatório oficial apresentado neste domingo no conselho de ministros de Israel.

Levado pelo Ministério da Informação, o informe destaca que "2009 marcou um recorde na quantidade de atos antissemitas" no mundo, "principalmente na França, no Reino Unido e nos Estados Unidos".

O relatório considera como "antissemitas" tanto ações violentas contra judeus quanto discursos que busquem "deslegitimar a existêncis do Estado de Israel", além da crítica de sua políticas.

O documento foi elaborado pelo Centro de Pesquisas contra o Antissemitismo da Universidade de Tel Aviv, que monitora atos antissemitas em todo o mundo desde o início dos anos 90.

Segundo os autores do relatório, uma das causas deste aumento no número de atos antissemitas é o resultado da ofensiva militar levada a cabo por Israel na Faixa de Gaza contra o Hamas, entre o fim de 2008 e o início de 2009.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host