UOL Notícias Notícias
 

27/01/2010 - 19h26

Zelaya deixa a embaixada brasileira e segue para o aeroporto

O ex-presidente de Honduras, Manuel Zelaya, deixou nesta quarta-feira a embaixada brasileira em Tegucigalpa, onde estava refugiado, para dirigir-se ao aeroporto, onde pegará um avião para viajar em direção à República Dominicana, comprovaram jornalistas da AFP.

Uma caravana de 15 veículos, escoltados pela polícia, abandonou a delegação brasileira levando Zelaya ao terminal aéreo, pouco antes das 15H00 locais (21H00 GMT), pondo fim a mais de quatro meses de confinamento, depois de ter voltado às ocultas ao país.

Zelaya partiu acompanhado pelo presidente eleito hondurenho Porfirio Lobo e pelo presidente dominicano Leonel Fernández, em cujo avião viajará a Santo Domingo.

O ex-presidente deposto pelo golpe de 28 de junho de 2009 viajará a Santo Domingo acompanhado da esposa Xiomara Castro, dos dois filhos mais novos e de seu assessor Rasel Tomé.

Milhares de seguidores de Zelaya se concentraram para despedir-se nos arredores do aeroporto de Toncontín, onde foi mobilizado um forte dispositivo de segurança militar e policial.

Antes de prestar juramento, o presidente eleito Porfirio Lobo prometeu conceder a Zelaya e sua família "um salvo-conduto" para a República Dominicana, para onde viaja na qualidade de convidado do presidente Leonel Fernandez.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host