UOL Notícias Notícias
 

02/02/2010 - 16h10

Bombardeio americano mata 10 combatentes no Paquistão

Pelo menos 10 combatentes islâmicos morreram nesta terça-feira em um ataque de aviões não tripulados americanos, que dispararam 18 mísseis contra seus esconderijos nas zonas tribais do noroeste do Paquistão, anunciaram fontes de segurança paquistanesas.

"Oito aviões sem pilotos americanos atiraram 18 mísseis em diversos alvos" na aldeia de Dattakhel, no Waziristão do Norte, declarou uma das fontes à AFP.

"Dez militantes islâmicos morreram no ataque", destacou.

Segundo moradores da área bombardeada, os mísseis atingiram esconderijos e um centro de treinamento de combatentes islâmicos.

Moradores de Miranshah, a capital desta região tribal, relataram ter visto os aparelhos sobrevoar a zona antes de ouvir várias explosões em Dattakhel, a 40 km dali.

O Waziristão do Norte é conhecido por servir de base aos rebeldes da rede Haqqani, acusados de atacar os soldados americanos e da Otan no Afeganistão vizinho.

Os Estados Unidos consideram as zonas tribais da fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão "o lugar mais perigoso do mundo".

O exército paquistanês multiplicou nos últimos meses as ofensivas contra os talibãs desta região. Oitenta insurgentes foram mortos em um ataque terrestre e aéreo conduzido domingo no distrito tribal de Bajaur, anunciou um comandante paquistanês nesta terça-feira.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host