UOL Notícias Notícias
 

04/02/2010 - 23h28

Haiti: 10 americanos serão processados no país por sequestro de crianças

Dez americanos suspeitos de tentar tirar ilegalmente do Haiti um grupo de 33 crianças foram acusados nesta quinta-feira em Porto Príncipe, mas as autoridades lamentaram que o caso esteja tirando o foco da atenção sobre a necessidade de ajuda ao país.

Três semanas depois do terremoto que matou pelo menos 200.000 pessoas, o grupo de missionários batistas foi acusado de "sequestro de menores e associação criminosa", indicou o procurador-geral de Porto Príncipe, Mazar Fortil.

O primeiro-ministro haitiano, Jean-Max Bellerive, lamentou que o caso esteja desviando a atenção da comunidade internacional da reconstrução do país, onde "falam mais de dez pessoas que do outro milhão de que sofre nas ruas".

Ao chegar ao Ministério Público, uma das integrantes do grupo religioso acusado disse ter "confiança em Deus de que isto terminará bem".

Depois da audiência, os americanos saíram abatidos e foram logo levados em um veículo da polícia haitiana. Dentro do carro, foram vistos cantando e rezando, com os olhos fechados.

Os 10 missionários foram detidos na última sexta-feira na fronteira com a República Dominicana, quando tentavam passar com 33 menores haitianos sem nenhum documento de adoção. Algumas das crianças, que têm entre dois meses e 12 anos de idade, disseram não ser órfãs.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host