UOL Notícias Notícias
 

04/02/2010 - 11h14

Índia propõe ao Paquistão abrir negociações ao nível de chanceleres

A Índia propôs ao Paquistão iniciar discussões ao nível de ministros das Relações Exteriores, mais de um ano depois de ter suspenso as relações bilaterais em função dos atentados em Mumbai em novembro de 2008, informou nesta quinta-feira a agência Press Trust of India (PTI).

O Paquistão ainda não respondeu a esta proposta, indicou a PTI, sem precisar quando a mesma foi apresentada.

De acordo com fontes oficiais citadas pela agência, a Índia tem intenções de discutir a questão do terrorismo e qualquer outro tema que "contribua para criar uma atmosfera de paz e segurança entre os dois países".

"A Índia entrará nas discussões com uma atitude aberta e positiva e apresentará todos os temas pertinentes", assinalaram as fontes.

A Índia e o Paquistão iniciaram um diálogo de paz no início de 2004 que ajudou a diminuir a tensão entre os dois rivais asiáticos, principalmente em relação à disputa da região da Caxemira.

No entanto, este diálogo foi interrompido depois dos ataques cometidos pr de homens armados em Mumbai, que a Índia atribuiu ao grupo militante Lashkar-i-Taiba, cuja sede se encontra no Paquistão. Este comando matou 166 pessoas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host