UOL Notícias Notícias
 

05/02/2010 - 15h35

Bird saúda esforços do governo suíço para devolver dinheiro ao Haiti

O Banco Mundial (Bird) saudou nesta sexta-feira os esforços do governo suíço para devolver ao Haiti recursos no valor de 5,7 milhões de dólares mantidos em seus bancos pela família do ex-ditador Jean-Claude Duvalier.

A Corte Suprema suíça ordenou na quarta-feira a liberação de 5,7 milhões de dólares de fundos bloqueados da família de "Baby Doc" Duvalier por superar o limite de tempo legal sem que nenhum recurso tenha sido interposto.

"Damos as boas-vindas à decisão das autoridades (governamentais) suíças de congelar esses recursos fraudulentos", segundo o texto do Bird.

Esse dinheiro "deveria voltar ao Haiti, especialmente agora, num momento de grande necessidade, depois do terremoto", explicou o diretor-gerente do Banco, Ngozi Okonjo-Iweala.

"Este caso demonstra as dificuldades técnicas que alguns países têm na hora de enfrentar bens roubados, e a importância de adotar ações legais ambiciosas e criativas", acrescenta o comunicado.

A Corte Suprema suíça informou que, para superar os obstáculos legais para a devolução de recursos ao país, teria que ser reforçada a legislação, um assunto que o governo helvético mostrou-se disposto a abordar de imediato.

Recuperar esses fundos representa mensagem "eloquente", segundo o Banco.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host