UOL Notícias Notícias
 

05/02/2010 - 19h49

Piñera anuncia ministros na terça-feira e promete equilíbrio

O presidente eleito do Chile, Sebastián Piñera, comunicou o anúncio na próxima terça-feira da formação de seu gabinete, e garantiu que ele terá um "equilíbrio justo" entre a formação política e técnica, afirmou ele nesta sexta-feira em Futrono, a 900 km de Santiago.

"O gabinete levará em conta experiência, capacidade e formação política, que é muito necessária, e a formação técnica, acadêmica e profissional, que também é muito importante", explicou o empresário.

Piñera respondeu, assim, às apreensões dos partidos de direita - o liberal Renovação Nacional (RN) e o conservador União Democrata Independente (UDI) - que manifestaram sua inquietude frente a uma possível formação de um gabinete de tecnocratas, em oposição à experiência política.

Entretanto, o presidente da UDI, Juan Antonio Coloma, assegurou nesta sexta-feira que a equipe de Piñera "contará com os elementos técnicos necessários para melhorar as políticas públicas, mas que não se esquecerá da importância dos políticos".

O futuro presidente afirmou que seu governo dará destaque "à participação significativa de mulheres e de pessoas de diversas regiões".

Segundo o empresário, na próxima quarta-feira seus futuros ministros serão capacitados na Controladoria Geral da República e receberão instruções no Instituto Liberdade e Desenvolvimento - de direita - e na Fundação Jaime Guzmán - que deve seu nome ao congressista e fundador da UDI, que foi assassinado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h29

    0,74
    3,281
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h33

    -1,80
    61.513,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host