UOL Notícias Notícias
 

06/02/2010 - 20h57

Esconderijo da ETA em Portugal guardava 1.500 quilos de explosivos

A casa utilizada em Portugal pela organização separatista armada basca ETA escondia "quase 1.500 quilos de explosivos", informou neste sábado o ministério espanhol do Interior em comunicado, atualizando um comunicado da véspera.

A polícia portuguesa havia anunciado na sexta-feira ter descobrto cerca de 500 quilos de explosivos e vários "artefatos prontos para serem usados" em um esconderijo no centro do país e que, segundo fontes antiterroristas espanholas, pertencem à organização separatista ETA.

"Explosivos, assim como "ingredientes utilizados para sua fabricação" foram encontrados "na garagem de uma casa" em Casal de Averela, próxima a Óbidos, declarou à imprensa o comandante do centro antiexplosivos da polícia, capitão Helder Barros.

"O material estava armazenado em condições seguras, o que reflete um trabalho de profissionais", afirmou, acrescentando que também foram descobertos "vários explosivos prontos para o uso".>

A ETA, que figura nas listas das organizações terroristas da UE e dos Estados Unidos, é considerada responsável pela morte de 828 pessoas em mais de 40 anos de violência pela independência do país Basco.

Muitos integrantes do grupo armado foram presos desde que terminou sua última trégua, em 2006-2007.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host