UOL Notícias Notícias
 

07/02/2010 - 11h49

Grupo rebelde reivindica ataque a oleduto da Shell

Um grupo rebelde do sul da Nigéria, que se apresentou como o 'Joint Revolutionary Council' (JRC), anunciou neste domingo que atacou um importante oleoduto da companhia petroleira Shell.

A empresa anglo-holandesa informou não ter informações sobre um ataque.

"A força patriótica do Delta do Níger conseguiu deixar fora de funcionamento um oleoduto que pertence a Shell na zona pantanosa de Obunoma", afirma um comunicado do JRC (Conselho Revolucionario Conjunto).

O grupo informa que o ataque aconteceu no estado de Rivers (Delta do Níger) e que o oleoduto conectava várias estações no terminal de exportação de petróleo de Bonny.

"Não temos nenhuma informação sobre um ataque na região", declarou à AFP o porta-voz da Shell, Precious Okolobo.

No comunicado, o JRC alega que combate com "todos os nacionalistas patriotas do Delta do Níger" para obter "um Delta do Níger livre e independente".

O grupo anuncia ainda que "os combatentes pela liberdade do Delta do Níger decidiram retomar a luta armada".

Há uma semana, o principal grupo armado da região, o Movimento para a Emancipação do Delta do Níger (MEND) anunciou o fim do cessar-fogo que havia declarado unilateralmente em 25 de outubro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h16

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host