UOL Notícias Notícias
 

08/02/2010 - 07h09

Irã afirma que ainda espera acordo com potências

A decisão de começar a enriquecer urânio a 20% a partir de terça-feira não significa que o Irã fechou a porta para uma eventual troca de combustível nuclear com as grandes potências, afirmou o diretor do programa nuclear iraniano, Ali Akbar Salehi.

"Nossa proposta continua vigente e estamos dispostos a receber o combustível, e quando o recebermos cessaremos o enriquecimento a 20%", declarou Salehi, diretor da Organização Iraniana de Energia Atômica (OIEA).

"No momento em que recebermos o combustível, cessaremos o enriquecimento a 20%", repetiu Salehi.

No domingo, Salehi anunciou que o Irã começaria a produzir urânio altamente enriquecido na usina de Natanz, centro do Irã, a partir de terça-feira.

A decisão de iniciar a produção de urânio altamente enriquecido foi anunciada também no domingo pelo presidente Mahmud Ahmadinejad.

Ahmadinejad afirmou que a porta "continua aberta para discussões" sobre um eventual intercâmbio "incondicional" de combustível nuclear com o grupo dos Seis (Estados Unidos, Rússia, China, França, Grã-Bretanha e Alemanha), interlocutor do Irã no tema nuclear.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host