UOL Notícias Notícias
 

09/02/2010 - 07h23

Irã inicia processo de enriquecimento de urânio a 20%

"As operações de produção de urânio enriquecido a 20% começaram", anunciou nesta terça-feira o diretor da Organização Iraniana de Energia Atômica (OIEA), Ali Akbar Salehi, citado por várias agências e confirmando uma informação do canal Al-Alam.

"Começamos hoje a enriquecer urânio a 20% em uma cascata (de centrífugas) separada da fábrica de Natanz", declarou Salehi, citado pela agência oficial Irna.

"Esta cascata produzirá três a cinco quilos de de urânio enriquecido a 20% por mês para nosso reator de pesquisas de Teerã, o que equivale ao dobro de nossas necessidades", acrescentou.

O início do processo de enriquecimento de urânio a 20% foi anunciado no domingo pelas autoridades iranianas e notificado na segunda-feira à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Segundo o governo, o Irã tomou a decisão em consequência do bloqueio das discussões com o grupo dos Seis (Estados Unidos, Rússia, China, França, Grã-Bretanha e Alemanha) a respeito da entrega de combustível nuclear para um reator de pesquisa médica.

No entanto, o governo de Teerã afirmou que a porta continua aberta para uma troca de urânio com as grandes potências.

O anúncio das autoridades iranianas foi criticado por vários países do grupo dos Seis, que suspeitam que o programa nuclear iraniano almeja produzur a bomba atômica.

Estados Unidos e França defenderam na segunda-feira a adoção de sanções internacionais, dentro da ONU, contra a República Islâmica por seu programa nuclear.

Mas a China voltou a pedir nesta terça-feira a continuidade das negociações sobre o programa nuclear iraniano, apesar do anúncio de Teerã.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h29

    -0,03
    3,126
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h34

    -0,33
    64.725,64
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host