UOL Notícias Notícias
 

09/02/2010 - 18h55

Número de imigrantes ilegais nos EUA cai 7% entre 2008 e 2009

O número de imigrantes ilegais nos Estados Unidos caiu 7% entre janeiro de 2008 e janeiro de 2009, de 11,6 milhões para 10,8 milhões, coincidindo com a crise econômica, informou nesta terça-feira o Departamento de Segurança Interna (DHS em inglês).

Os latino-americanos representam a grande maioria dessa população que entrou ilegalmente nos Estados Unidos, começando pelos mexicanos, que representam 62% do total (6,7 milhões), segundo o informe do DHS.

El Salvador, com 530 mil imigrantes, Guatemala, com 480 mil, e Honduras, com 320 mil, seguem atrás. Junto com as Filipinas, com 270 mil, esse conjunto de países representavam 85% da população estrangeira ilegal em 2009.

"O número de residentes não autorizados baixou 1 milhão entre 2007 e 2009, coincidindo com a crise econômica", ressaltou o informe, elaborado a partir de pesquisas de lares e de cálculos a partir da população estrangeira total.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host