UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 13h22

Grécia fará o máximo para reduzir déficit, garante premiê

A Grécia está disposta a "tomar todas as providências necessárias" para levar seu déficit a 8,7% de seu Produto Interno Bruto (PIB) em 2010, garantiu nesta quarta-feira o primeiro-ministro do país, George Papandreu, após um almoço de trabalho em Paris com o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

"Estamos dispostos a tomar todas as providências necessárias para garantir o cumprimento de nossa meta de reduzir nosso déficit em 4 pontos percentuais, para 8,7%, em 2010", afirmou Papandreu.

A Grécia passa atualmente por uma crise financeira sem precedentes, que estourou depois da chegada dos socialistas ao poder, em outubro, com o anúncio de que o déficit público alcançaria 12,7% no fim de 2009, contra os 3,7% previstos no início do ano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h19

    -0,77
    3,258
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h29

    1,03
    63.875,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host