UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 14h27

Irã proíbe a imprensa estrangeira de cobrir desfiles de 11 de fevereiro

As autoridades iranianas comunicaram aos jornalistas que trabalham para os meios de comunicação estrangeiros que eles não podem cobrir nesta quinta-feira os desfiles comemorativos do 31º aniversário da Revolução Islâmica, durante os quais a oposição certamente tentará se fazer ouvir.

A imprensa estrangeira está autorizada a cobrir apenas o discurso pronunciado pelo presidente Mahmud Ahmadinejad de manhã na grande praça de Azadi (Liberdade), no sudoeste de Teerã, afirmou nesta quarta-feira uma fonte oficial à AFP.

Entretanto, os jornalistas não poderão seguir os sete desfiles, que passarão pelas avenidas da capital desde a praça de Azadi. É prevista a participação de centenas de milhares de pessoas nos desfiles.

Nos últimos meses, as autoridades proibiram a imprensa estrangeira de cobrir manifestações oficiais em que havia a chance de ocorrerem manifestações da oposição, mas é a primeira vez que fica excluída das comemorações pelo aniversário da revolução islâmica de 1979.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host