UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 16h37

Talibãs negam morte de seu chefe no Paquistão

Os rebeldes talibãs do Paquistão desmentiram nesta quarta-feira a morte de seu líder, Hakimullah Mehsud, anunciada por dirigentes americanos e paquistaneses, mas não confirmada.

"Hakimullah Mehsud está vivo, e fora de perigo", declarou à AFP Azam Tarik, porta-voz do Movimento dos Talibãs do Paquistão (TTP).

As informações sobre sua morte "não passam de uma campanha de propaganda conduzida pelo governo e por nossos inimigos", afirmou Tarik por telefone.

Diversos responsáveis americanos e paquistaneses informaram recentemente que Mehsud talvez tenha sido morto ao ser atingido por um míssil americano.

O Paquistão é o principal aliado dos Estados em sua "guerra contra o terrorismo" lançada na região no fim de 2001 contra os talibãs e a a Al-Qaeda.

"Várias informações indicam que Hakimullah Mehsud morreu, assim como Qari Hussein", considerado o organizador dos muitos atentados suicidas reivindicados pelo TTP, reafirmou nesta quarta-feira o ministro paquistanês do Interior, Rehman Malik.

"As informações vêm de fontes confiáveis, mas não posso confirmá-las. Estamos investigando", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    -0,47
    3,130
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h52

    -0,50
    75.222,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host