UOL Notícias Notícias
 

12/02/2010 - 15h36

Atentados de 11 de setembro podem ser julgados em tribunal militar

O procurador-geral de Justiça dos EUA, Eric Holder, abriu a possibilidade de que um tribunal militar, e não civil, como afirmava o governo, assuma o futuro julgamento dos ataques de 11 de setembro de 2001, informou a imprensa nesta sexta-feira.

"Afinal, qualquer que seja o lugar onde esse julgamento ocorra, na jurisdição que seja, o que importa é que aconteça da maneira mais transparente possível, respeitando todas as regras", disse Holder ao Washington Post.

Em novembro, a administração de Barack Obama foi a favor de um julgamento civil, no tribunal de Manhattan, dos cinco detidos de Guantánamo acusados de organizar os ataques de 11 de setembro de 2001, entre eles o possível cabeça dos atentados, Khaled Cheikh Mohammed.

Mas mudou de opinião no fim de janeiro, após várias autoridades municipais de Nova York, entre elas o prefeito Michael Bloomberg, se oporem à ideia, por não quererem que o julgamento seja realizado tão perto do local das antigas Torres Gêmeas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host