UOL Notícias Notícias
 

15/02/2010 - 14h15

França e Rússia negam nova proposta sobre urânio anunciada pelo Irã

Rússia e França negaram nesta segunda-feira a existência de uma nova proposta sobre o intercâmbio de urânio com o Irã, desmentindo declarações do chefe da agência nuclear iraniana Ali Akbar Salehi.

"Salehi deve saber que a única proposta válida é a apresentada pela AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) no mês de outubro passado, e que, até hoje, não recebeu nenhuma resposta satisfatória", disse Bernard Valero, porta-voz do ministério francês das Relações Exteriores.

"Depois da decisão do Irã de produzir urânio enriquecido a 20%, uma nova proposta foi apresentada por Rússia, França e Estados Unidos, e a estamos examinando", havia declarado Salehi mais cedo.

O Irã começou no dia 9 de fevereiro a enriquecer urânio a 20% em sua usina de Natanz (centro), apesar dos protestos das potências ocidentais que suspeitam de que a República Islâmica queira dotar-se de arma nuclear, amparando-se em seu programa nuclear civil.

Em outubro, a AIEA apresentou ao Irã uma proposta para enriquecer no exterior 1.200 kg de seu urânio fracamente enriquecido, que seriam, depois utilizados em seu reator de Teerã. O Irã não aceitou esta oferta, propondo alternativas diferentes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host