UOL Notícias Notícias
 

15/02/2010 - 21h25

Senador democrata não voltará a se candidatar, duro golpe para Obama

O senador norte-americano democrata Evan Bayh, anunciou nesta segunda-feira que não voltará a se candidatar em novembro de 2010, tornando-se o terceiro senador a jogar a toalha desde o início deste ano eleitoral, que promete ser difícil para o partido de Barack Obama.

"Gosto de trabalhar para os habitantes de Indiana. Gosto de ajudar as pessoas a darem o melhor de si mesmas, mas não gosto do Congresso", confessou o senador de Indiana (norte), de 54 anos, ao anunciar que não voltará a se candidatar para um terceiro mandato no Senado.

"Minha decisão não deve ser interpretada mais além do que é: muito difícil e pessoal", disse Bayh à imprensa em Indianápolis nesta segunda-feira.

Esse anúncio foi feito pouco tempo depois de um duro golpe para os democratas, já que haviam perdido a sua supermaioria de 60 cadeiras de 100 no Senado com a vitória de um republicano em uma eleição parcial em Massachssuetts (nordeste).

Diante dessas dificuldades, o presidente Obama acaba de lembrar aos senadores democratas as promessas que fizeram durante a campanha para a reforma do sistema de saúde e da luta contra o desemprego, pedindo que não desistissem frente às adversidades.

Bayh é o terceiro senador da maioria democrata a anunciar a sua retirada depois do influente senador pelo Connecticut (nordeste) Chris Dodd e do senador de Dakota do Norte (norte) Byron Dorhan.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host