UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 16h05

Acordo EUA-Rússia de redução de arsenais nucleares está em fase final

As negociações entre Estados Unidos e Rússia sobre a redução de seus arsenais de armas nucleares estratégicas estão em sua última etapa, apesar de "alguns princípios e outros elementos" ainda não estarem resolvidos, indicou nesta quarta-feira uma funcionária do Departamento de Estado americano.

"Estamos na fase final - é possível ver a linha de chegada - nas negociações do tratado que deve substituir o START", afirmou em Washington Ellen Tauscher, subsecretária de Estado para o controle de armas e segurança internacional.

"Existem princípios e outros elementos aos quais ainda falta dar um toque final nestas negociações, mas tenho confiança de que as equipes (de negociadores) estão trabalhando muito duro, e que a linha de chegada está à vista", acrescentou.

O embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Sergei Kislyak, que falou depois de Tauscher na mesma entrevista coletiva, disse concordar "palavra por palavra" com tudo o que ela havia informado.

Na Rússia, o chefe do Estado Maior Geral das forças armadas, Nikola¯ Makarov, declarou nesta quarta-feira que o novo acordo está "97% finalizado".

"O acordo está 97% finalizado pelas partes. Restam questões técnicas que serão resolvidas em breve", disse o general Makarov, citado por agências de notícias russas.

O tratado de desarmamento que as delegações russa e americana negociam há seis meses em Genebra substituirá o START 1, assinado em 1991 e expirado em 5 de dezembro de 2009.

Em julho, os presidentes da Rússia, Dmitri Medvedev, e dos Estados Unidos, Barack Obama, concordaram em reduzir a quantidade máxima de ogivas nucleares para entre 1.500 e 1.675 para cada um dos ex-inimigos da Guerra Fria.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host