UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 18h46

Embaixador de Israel é convocado pelo Foreign Office por passaportes

O Ministério das Relações Exteriores britânico convocou o embaixador de Israel em Londres para discutir o tema da utilização de passaportes britânicos falsos no recente assassinato de um dirigente do Hamas, indicou nesta quarta-feira um de seus porta-vozes.

"Dados os vínculos entre Israel e um certo número de cidadãos britânicos envolvidos, haverá uma reunião entre o secretário-geral do Foreign Office e o embaixador israelense amanhã", quinta-feira, declarou o porta-voz.

O Mosad, serviço secreto israelense, é suspeito de envolvimento no assassinato de Mahmud al Mabhuh, no dia 20 de janeiro em um hotel de Dubai.

A polícia de Bubai indicou na segunda-feira que está em busca das 11 pessoas com passaportes europeus - seis britânicos, três irlandeses, um francês e um alemão - que supostamente formariam o comando responsável pela morte de Mahmud al Mabhuh.

Londres e Dublin reagiram rapidamente, afirmando que os documentos de identificação são falsos.

"A falsificação de passaportes britânicos é um assunto muito sério. O governo continuará tomando todas as medidas necessárias para proteger os cidadãos britânicos de usurpação de identidade", destacou o porta-voz do governo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host