UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 17h45

Kosovo critica agressividade sérvia no segundo aniversário da independência

O presidente kosovar, Fatmir Sejdiu, fez duras críticas nesta quarta-feira à Sérvia e ao que chamou de "política agressiva" em relação ao Kosovo, que comemora o segundo aniversário de sua proclamação de independência.

"Durante esses dois anos (...) conseguimos mostrar ao mundo que a independência do Kosovo trouxe a paz e a estabilidade para a região", declarou Sejdiu, falando no Parlamento em uma sessão especial de comemoração da independência.

"Nosso único problema em matéria de política esterna continua sendo a Sérvia, que continua praticando sua política agressiva em relação ao Kosovo", destacou.

A Sérvia ainda considera o Kosovo como sua província meridional, e conseguiu que a Corte Internacional de Justiça (CIJ) se pronuncie sobre a legalidade da proclamação de independência, em 17 de fevereiro de 2008, pelas autoridades kosovares albanesas.

A Sérvia mantém instituições paralelas nas áreas onde vive a minoria sérvia, em enclaves espalhados pelo território kosovar e no norte do Kosovo, onde a população é majoritariamente sérvia.

A Sérvia mobiliza "centenas de milhões de euros" nessas instituições paralelas, que "impedem os cidadãos sérvios de se integrarem à vida social e institucional" do Kosovo, denunciou Sejdiu.

"Belgrado financia as estruturas paralelas sérvias no norte do país, onde registramos ainda um nível considerável de tráfico e criminalidade econômica", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host