UOL Notícias Notícias
 

18/02/2010 - 20h15

China estima que encontro Obama/Dalai Lama viola as normas internacionais

O encontro entre o presidente Barack Obama e o Dalai Lama, desta quinta-feira, em Washington, "violou grosseiramente" as normas internacionais e está em contradição com o reconhecimento, por parte dos Estados Unidos, de que o Tibete é parte integrante da China, reagiu Pequim.

Segundo o ministério chinês das Relações Exteriores, citado pela agência oficial Xinhua.

O presidente americano, desprezando os protestos de Pequim, recebeu o líder espiritual dos tibetanos no exílio, assegurando a ele "forte apoio" à cultura tibetana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h30

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host