UOL Notícias Notícias
 

18/02/2010 - 11h51

França pede explicações a Israel por falso passaporte

A França pediu explicações a Israel sobre a utilização de um falso passaporte francês no assassinato de um líder do Hamas, anunciou nesta quinta-feira o ministério francês de Relações Exteriores.

"Pedimos explicações à embaixada de Israel na França sobre as circunstâncias da utilização de um falso passaporte francês no assassinato de um membro do Hamas em Dubai", disse o porta-voz do ministério, Bernard Valero.

"Estamos em contato com as autoridades de Dubai sobre os avanços da investigação, e cooperamos com elas", informou.

"Valero disse que os elementos que possuímos nos levam à conclusão de que o passaporte em questão é falso".

A polícia de Dubai revelou que as pessoas responsáveis pelo assassinato utilizaram seis passaportes britânicos, três irlandeses, um francês e um alemão.

O chefe da polícia de Dubai disse nesta sexta-feira estar quase certo de que o Mossad, serviço secreto israelense, esteja por trás do assassinato de um líder do movimento islâmico palestino Hamas, cometido no último mês, segundo um jornal local.

"Nossas investigações mostram que o Mossad está envolvido no assassinato de Mahmoud al-Mabhoub. Em 99% de certeza, senão em 100%, o Mossad está por trás do crime", disse o chefe da polícia, o tenente Dahi Khalfan, citado pelo jornal local escrito em inglês, The National.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host