UOL Notícias Notícias
 

19/02/2010 - 22h05

Elton John: Jesus era gay

O músico britânico Elton John gerou polêmica nesta sexta-feira, com a publicação de uma entrevista na qual afirma que Jesus Cristo era homossexual.

"Acho que Jesus era um gay compassivo, superinteligente, que entendia os problemas humanos", afirmou Sir Elton à revista de celebridades americana Parade, que publicou a entrevista em seu site.

"Na cruz, ele perdoou as pessoas que o crucificaram. Jesus queria que nós amássemos e perdoássemos. Eu não sei o que torna as pessoas tão cruéis. Tente ser uma mulher homossexual no Oriente Médio - você está morto", afirmou o popstar, um homossexual assumido.

A Liga Católica, maior grupo católico dos Estados Unidos, condenou os comentários do artista inglês.

"Jesus certamente era compassivo, mas dizer que ele era 'superinteligente' é comparar o filho de Deus a um competidor bem sucedido de um programa de TV", criticou Bill Donohue, presidente da Liga, em um comunicado.

"Mais sério ainda, chamar Jesus de homossexual é rotulá-lo como um transviado sexual. Mas o que mais poderíamos esperar de um homem que já disse: 'do meu ponto de vista, eu proibiria completamente a religião'?", disse.

Na entrevista, Elton John aborda vários outros temas, incluindo sua relação com as drogas e o que considera terem sido seus erros de juventude no campo amoroso.

"Em todas as relações que tive, havia drogas no meio", contou. "Isso nunca funciona. Mas eu sempre tinha que estar com alguém, bom ou mau, já que de outra maneira eu nunca me sentia satisfeito", afirmou.

"Para algumas pessoas, um grama de cocaína pode durar um mês. Para mim não. Eu precisava cheirar tudo. No fim, a única coisa que isso me trouxe foram problemas cardíacos", acrescentou o músico.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host