UOL Notícias Notícias
 

20/02/2010 - 08h32

Ataque aéreo mata 30 rebeldes no noroeste do Paquistão

Pelo menos 30 extremistas morreram neste sábado em um ataque aéreo das forças paquistanesas em uma zona tribal do noroeste do país, na fronteira com o Afeganistão.

A operação aconteceu no distrito de Waziristão Sul, onde o Exército executou em outubro uma ampla ofensiva aérea e terrestre contra os talibãs aliados da Al-Qaeda.

O esconderijo dos islamitas, nas montanhas de Shawal, foi atacado depois que os militares receberam a informação de que terroristas estavam escondidos no local, afirma o Exército paquistanês em um comunicado.

O balanço divulgado pelos militares não pôde ser confirmado por fontes independentes, já que o acesso às zonas de combate está proibido.

O Waziristão Sul, na fronteira com o Afeganistão, é um reduto do Movimento dos Talibãs do Paquistão (TTP), aliado da Al-Qaeda e responsável pela maioria dos atentados que deixaram mais de 3.000 mortos em todo o país desde julho de 2007.

Em outubro, 30.000 soldados paquistaneses foram enviados ao Waziristão Sul para desmantelar os redutos talibãs. Os extremistas reagiram com novos atentados.

A estratégia de Washington para a região estipula que a solução para a guerra no Afeganistão passa pela eliminação dos redutos extremistas no Paquistão.

Há uma semana, 15.000 soldados afegãos e da Otan executam uma vasta ofensiva no sul do Afeganistão contra o reduto talibã de Marjah, na maior operação desde a invasão do país em 2001.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host