UOL Notícias Notícias
 

21/02/2010 - 11h19

Níger: junta militar mantém presos cinco ministros

Cinco ministros do governo do presidente Mamadou Tandja, derrubado em um golpe de Estado na quinta-feira, permanecem sob poder da junta militar, que garantiu ter libertado todos, informou o porta-voz do antigo partido no poder, o MNSD.

"Há cinco ministros que continuam detidos pela junta, provavelmente em Niamey", afirmou Issoufou Tamboura, diretor de comunicação do Movimento Nacional para a Sociedade de Desenvolvimento (MNSD).

No sábado, um dos homens fortes da junta anunciou que os membros do governo detidos durante o golpe de Estado estavam em liberdade.

O Conselho Supremo para a Restauração da Democracia (CSRD, junta) derrubou o presidente Tandja após confrontos armados ao redor do palácio presidencial. Os militares dissolveram o governo e suspenderam a polêmica Constituição, aprovada em agosto 2009 para permitir a permanência de Tandja no poder.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host