UOL Notícias Notícias
 

22/02/2010 - 11h54

Sarkozy condena execução de dirigente do Hamas em Dubai

O presidente francês Nicolas Sarkozy condenou nesta segunda-feira a execução de um dirigente do movimento radical palestino Hamas em Dubai, durante uma entrevista coletiva em Paris ao lado do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

Ele disse ter transmitido ao ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos a "condenação inapelável da França do que não é mais que um assassinato", em uma referência à morte em janeiro de Mahmud al-Mabhuh.

"Quero repetir sem nenhuma ambiguidade: a França condena todas as execuções. Nada pode justificar tais métodos", declarou.

"Este tipo de acontecimento só pode atiçar as tensões e não traz nada de positivo. A França é uma democracia e não pode aceitar, e não aceitaremos", acrescentou.

As autoridades de Dubai se mostraram convencidas de que a operação foi obra de um esquadrão dos serviços secretos israelenses.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host