UOL Notícias Notícias
 

22/02/2010 - 19h39

Venezuela critica colonialismo britânico 'grosseiro' nas Malvinas

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, acusou nesta segunda-feira a Grã-Bretanha de fazer "uma das mais grosseiras demonstrações" de colonialismo nas ilhas Malvinas. E pediu aos participantes da reunião da América Latina e do Caribe que exijam que a plataforma de petróleo na área próxima à ilha seja desmontada.

"É uma das mais grosseiras demonstrações do velho colonialismo unido com o novo, o neocolonialismo", disse Chávez na conferência que reúne 32 países do continente, sem os Estados Unidos e Canadá, e que ocorre até terça-feira na zona turística de Cancún, no México.

"Nos solidarizamos fortemente com a Argentina, com seu povo e seu governo nesse pedido. E exigimos não apenas que retirem essa plataforma e que o governo inglês cumpra as resoluções das Nações Unidas, mas também que devolva esse território legítimo ao seu dono: o povo argentino", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host