UOL Notícias Notícias
 

24/02/2010 - 22h33

Prossegue greve de controladores nos aeroportos de Paris

Os controladores aéreos franceses decidiram prosseguir com sua greve nesta quinta-feira, por considerar "insuficientes" as garantias do governo, ao final de uma quarta-feira marcada por perturbações nos dois grandes aeroportos de Paris.

"A convocação à greve está mantida", declarou à AFP Pierre Meybon, porta-voz dos sindicalistas reunidos na noite de hoje para analisar a proposta do governo.

A metade dos voos foi anulada hoje no aeroporto de Orly e um a cada quatro voos acabou cancelado no Roossy-Charles De Gaulle, além de numerosos atrasos nos voos nacionais e internacionais.

Os grevistas rejeitam o projeto do governo de fundir o controle aéreo francês com o de outros cinco países (Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Alemanha e Suíça), o que levaria, segundo eles, ao início do desmantelamento da Direção Geral da Aviação Civil (DGAC), com a consequente deterioração das condições de trabalho.

O projeto prevê a integração dos serviços de controle aéreo dos seis países europeus em uma nova entidade legal.

Os sindicatos franceses temem as "consequências sociais" para os 4.400 controladores aéreos franceses da DGAC, que emprega 12 mil funcionários.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host