UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 10h04

Atentado em Cabul: "até nove" indianos mortos, segundo Nova Delhi

O ministro indiano das Relações Exteriores, S.M. Krishna, declarou nesta sexta-feira que houve "até nove" vítimas indianas, entre elas funcionários diplomáticos, mortos no atentado coordenado por terroristas suicidas talibãs, que tinham como alvo hotéis ocupados por estrangeiros em pleno centro de Cabull.

"A Índia condena com firmeza o ataque, o terceiro contra funcionários e interesses indianos no Afeganistão nos últimos 20 meses", acrescentou, fazendo referência a dois atentados precedentes com carro-bomba contra sua embaixada em Cabul.

Dois diplomatas e dois membros da segurança de nacionalidade indiana haviam sido mortos nesse ataque, em julho de 2008, que fez 60 mortos.

Uma outra explosão visando a representação diplomática indiana em outubro passado na capital afegã matou 12 pessoas, sem fazer vítimas indianas.

A Índia é fortemente comprometida no Afeganistão em diveros programas de ajuda e de reconstrução, desbloqueando mais de um bilhão de dólares desde a queda do regime talibã, em novembro de 2001.

"Esses ataques bárbaros são motivo de grave preocupação e visam, claramente, o povo indiano e o povo afegão", informou o ministro das Relações Exteriores.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h59

    0,40
    3,159
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h01

    -0,50
    68.251,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host