UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 18h39

Nova tempestade de neve paralisa nordeste dos Estados Unidos

Uma tempestade de neve que voltou a cair nesta sexta-feira sobre Nova York e seus arredores causou o fechamento de escolas e o cancelamento de milhares de voos.

A meteorologia prevê um acúmulo de 50 centímetros de neve nas ruas da cidade, onde os serviços municipais utilizaram equipamentos para tentar manter as ruas abertas.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou o fechamento das escolas, deixando sem aulas cerca de um milhão de estudantes.

"Fazemos todo o possível para que as escolas possam reabrir suas portas na segunda-feira", informou John Doherty, responsável pelos serviços de limpeza da cidade.

Mais de mil voos desde e para Nova York foram cancelados devido às condições climáticas segundo os meios locais. A neve também provocou atrasos nos trens que chegam à cidade e obrigou a reduzir a velocidade nas estradas.

As demoras nos voos afetaram em particular os aeroportos de Newark (Nova Jersey) e o John F. Kennedy, devido à tempestade, que trouxe ventos fortes e ausência de visibilidade.

Na quinta-feira, um homem morreu depois de ser atingido pela queda de uma árvore que caiu sob o peso da neve no Central Park, em plena Manhattan.

A vítima acabava de sair do trabalho e decidiu passear pelo jardim. "É trágico, mas este tipo de acidente é muito pouco frequente e nossos parques são muito seguros", disse Bloomberg.

Os serviços de transporte urbano anunciaram problemas no metrô da cidade, a mais importante dos Estados Unidos, com 8 milhões de habitantes.

Em todo o noroeste do país houve queda de árvores e cortes de energia elétrica. A companhia de eletricidade Con Edison informou que há equipes trabalhando em toda a região para resolver os problemas.

No condado de Westchester, no subúrbio norte de Nova York, 36,5 mil pessoas ficaram sem energia elétrica e em Nova York mais de 700 lares estão na mesma situação, indicou a Con Edison à AFP.

Segundo a rede de televisão NBC, um total de um milhão de pessoas sofreram apagões em todo o noroeste dos Estados Uidos. As autoridades lidam, além da tempestade, com um incêndio que destruiu um quarteirão inteiro em uma localidade de New Hampshire.

Em Nova York, os bairros do Bronx (norte) e Staten Island (sul) foram os mais afetados, segundo o prefeito.

A cidade de Washington, que em fevereiro sofreu nevascas históricas, foi assolada nesta sexta-feira por ventos fortes, mas no aeroporto Dulles apenas voos vindos de Nova York e de seus arredores foram cancelados.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host