UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 08h01

Outros onze militares são colocados em prisão preventiva na Turquia por conspiração

Um tribunal turco ordenou a detenção de mais onze militares por uma suposta conspiração contra o governo conservador islâmico em 2003, com o qual chega a 31 o número de pessoas detidas neste caso, informou nesta sexta-feira a agência Anatólia.

Nove oficiais da ativa, dos quais dois são almirantes, e dois militares da reserva, um deles general, estão no grupo de onze pessoas colocadas em prisão preventiva após terem prestado depoimento na Procuradoria, segundo a mesma fonte.

Um coronel foi colocado em liberdade por motivos médicos.

As acusações contra os suspeitos serão divulgadas quando a instrução do caso for concluída.

Na quinta-feira à noite, a Anatólia anunciou que duas autoridades militares da reserva que estavam entre os presos haviam sido colocadas em liberdade por ordem da Procuradoria após um interrogatório. Trata-se dos ex-chefes da Marinha e da Aeronáutica, Ozden Ornek e Ibrahim Firtina, respectivamente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host